Sua Empresa Tem Gestão Financeira? Descubra Sua Importância

Sua Empresa Tem Gestão Financeira? Descubra Sua Importância

A gestão financeira é um dos conceitos fundamentais para a criação e bom funcionamento de uma empresa. Pois, é ela quem cuida das economias de um negócio. Logo, determinando seu sucesso no mercado, através das finanças.

Desse modo, ela busca ainda, formas de otimizar a distribuição de recursos disponíveis. Bem como, utiliza indicadores, planejamentos estratégias, etc. Tudo isso, como forma de aperfeiçoar as ações e processos de uma empresa.

Alinhando as mais diversas operações para se obter melhores resultados, através de metas e orçamentos controlados e definidos!

Então, continue lendo este artigo para saber mais sobre assunto. Pois, iremos dar dicas práticas e falar sobre os maiores erros cometidos.

Qual a Importância da Gestão Financeira para uma Empresa?

Dentro de uma empresa, a gestão financeira realiza diversas funções indo muito além de receitas e cálculos de custos.

Isso porque ela é quem dá estrutura para criação de novas estratégias. Assim como, oferece o suporte econômico as outras áreas da empresa.

Viabilizando as operações a serem implementadas e realizando investimentos para desenvolvimento deste.

Desse modo, é importante que haja profissionais capacitados em sua atuação. Já que, a correta gestão financeira permite vencer:

  • Carência de recursos;
  • Épocas de crises;
  • Impostos elevados;
  • Baixa no consumo;
  • Entre outros.

Assim sendo, esses profissionais irão lidar com trâmites dos tipos tributários, jurídicas e trabalhistas.

Também, a gestão financeira não é apenas um setor que lida com números. Mas sim, um setor que se liga aos outros de modo a:

  • Fornecer apoio;
  • Colaborar em processos internos;
  • Disponibilizar recursos.

Ou seja, ela não se volta apenas ao dinheiro que entra no caixa da empresa, ela cuida de forma abrangente de diversos aspectos financeiros de um negócio.

Dicas Básicas Sobre Gestão Financeira Para Empresas

Após entender a importância da gestão financeira dentro de uma empresa, que tal algumas dicas básicas de implementação?

1. Abra uma conta para a empresa:

Essa dica é ainda mais importante para os empreendedores, pois, comumente há o erro de misturar contas.

Ou seja, de utilizar um conta pessoal para trazer de assuntos da empresa. No entanto, o correto é separar pessoal de profissional.

Evitando que haja uma perda no controle financeiro do negócio, através de uma conta que irá tratar exclusivamente desta.

2. Faça um bom planejamento:

A gestão financeira não é um processo único, ele é contínuo e faz parte da rotina de uma empresa.

Portanto, ele visa a criação de um plano de ação. No qual, serão criadas metas com base nos objetivos a serem alcançados.

Nesse momento, um orçamento será determinado, para que haja uma distribuição de capital entre:

  • Tarefas;
  • Setores;
  • Pagamentos;
  • Etc.

Que deverá ser sempre monitorado, analisar e adaptado de acordo com as mudanças no mercado ao qual se volta.

3. Mantenha a organização em dia:

Para se obter bons resultados, é importante que haja um calendário semanal definindo a rotina da empresa.

Pois, são diversas tarefas e responsabilidades. Desse modo, a organização permite priorizar e estabelecer o que é fundamental no momento.

Mas, sem que se perca o controle sobre a importância de realizar outras tarefas “menos” importantes.

Além disso, cronogramas são ótimos para elevar a produtividade no trabalho. Já que ela otimiza o tempo dos funcionários, guiando-os.

Ou seja, a organização auxilia na redução de problemáticas e ainda reduz o gasto financeiro e temporal de uma empresa.

4. Automatização de processos de Gestão Financeira:

Como estamos vendo o controle e organização são extremamente importantes nessa gestão.

Portanto, procure utilizar planilhas para acompanhar algumas das obrigações da empresa. É possível encontrar na internet, diversos modelos prontos.

De acordo com a evolução da empresa, procure investir em softwares de gestão, para automatizar os processos de forma online.

Uma vez que, esses fornecem diversas ferramentas. Fazendo com que sua empresa se mantenha atualizada em tempo real e consiga reduzir custos.

Por exemplo, os softwares de armazenamento em nuvem são ótimas opções, pois, faz integração com diversos setores.

Outra forma interessante que você pode usar para melhorar sua Gestão Financeira é a Terceirização, com isso, profissionais capacitados e com experiência poderão auxiliar nessa tarefa tão importante para sua empresa.

Caso queria saber mais, envie um email para nos que podemos te explicar melhor: contato@jacontei.com.br

O que você achou deste artigo? Deixe sua opinião nos comentários e compartilhe!

Planejamento empresarial estratégico para 2020

Planejamento empresarial estratégico para 2020

O planejamento estratégico é de extrema importância para o andamento da sua empresa. O final de 2019 é o momento perfeito para você revisar suas metas e estipular novos objetivos que devem ser realizados no ano seguinte.

O que é planejamento estratégico?

O planejamento estratégico nada mais é que um processo gerencial que vai nortear toda a rotina da sua empresa. É um documento no qual você deve inserir informações sobre a posição atual do seu negócio, problemas, objetivos e o que pode ser feito para tornar a sua vida corporativa e dos seus funcionários mais lucrativa.

Não esqueça de incluir informações básicas no planejamento empresarial, como missão, visão, valores e identidade organizacional. Pensar a longo prazo é essencial, mas não esqueça que certas ações devem ser tomadas a curto prazo.

Por que fazer um planejamento para o ano de 2020?

O planejamento é fundamental para definir o que precisa ser feito e também para identificar possíveis riscos que possam interferir no andamento da organização.

Através do planejamento, você vai conseguir identificar os pontos fortes e fracos do seu negócio. As correções podem ser feitas durante o momento da execução do projeto. Muitos problemas da sua empresa podem ser facilmente resolvidos quando colocados no papel.

Com a criação desse projeto, você vai conseguir criar algumas metas e ter uma noção melhor de como alcançá-las. Provavelmente suas preocupações para o próximo ano estão relacionadas com:

• Aumento do lucro/faturamento

• Reduzir custos sem precisar abrir mão de importantes recursos

• Parceria com colaboradores e outras organizações corporativas

• Aumento do número de clientes e como conseguir mante-los

Para tornar elas mais possíveis de serem realizadas, faça uma análise do que você quer realizar em um curto espaço de tempo e o que quer alcançar nos próximos anos.

As metas precisam ser específicas e mensuráveis. O ideal é você motivar toda a sua equipe, para que possam realizar seus sonhos profissionais juntos.

Análise SWOT

A análise SWOT nada mais é do que uma técnica utilizada para auxiliar as organizações. O termo combina as primeiras letras das palavras em inglês: força (strength), fraquezas (weaknesses), oportunidades (opportunities) e ameaças (threats).

Ela é uma grande ferramenta para te ajudar no planejamento empresarial do seu negócio. Você vai conseguir tomar decisões melhores, pois vai entender melhor sobre o ambiente interno do seu negócio e tudo que precisa ser mantido ou mudado.

Os principais objetivos do uso da matriz SWOT estão relacionadas a preparação de ações estratégicas e efetuar uma análise das atividades que estão sendo realizadas na sua empresa.

A criação dessa técnica é muito simples e deve ser elaborada através dos seguintes fatores:

• Forças: identifique os principais pontos positivos da sua empresa e como fazer para mantê-los. Faça uma análise da equipe corporativa, atividades, produtos, serviços e descubra tudo o que está dando certo.

• Fraqueza: identifique e descreve os pontos fraco. Veja o que pode ser mudado e como fazer isso.

• Ameaças: descreva tudo o que pode estar atrapalhando no andamento da sua organização. Normalmente, as ameaças estão relacionadas com os concorrentes, altos custos de operação, colabores, falta de qualidade do produto ou serviço oferecido, etc.

• Oportunidades: veja o que você pode conseguir para melhorar o andamento da sua empresa.

É muito importante também identificar quem é o seu público-alvo. Sem a realização dessa identificação, vai ser difícil elaborar estratégias de marketing e divulgação para o ano de 2020.

Identificando o seu público-alvo, você vai descobrir qual o tipo de conteúdo que deve produzir para atrair clientes, melhorar a identidade organização do seu negócio e como você pode melhorar seus produtos e serviços.

Planeje os eventos do próximo ano

A realização e participação nos eventos faz parte do planejamento estratégico e divulgação da empresa. Caso seja possível, participe de eventos em outras cidades e estados.

Muitas festas, eventos e palestras que irão ocorrer no ano de 2020 já tem data marcada. Faça o possível para comparecer neles ou envie um profissional qualificado para te representar.

Além de conseguir divulgar o seu negócio, você vai aprender mais sobre gestão organizacional, estratégias de marketing e conhecer pessoas que podem ser seus colaboradores e parceiros.

Revise o planejamento

Faça reuniões com os responsáveis sobre o que foi escrito no planejamento. Nesse momento, é importante analisar novamente as metas, objetivos e tudo que pode ser melhorado no ano que vem.

Executar o planejamento estratégico da sua empresa nem sempre é fácil, mas através dele, você vai conseguir alcançar os resultados de maneira mais rápida e eficaz.